Mais sobre Negações de proposições simples

Negação Básica:

Nega o verbo.

Uma verdade negada é uma falsidade: ~V = F

Exemplo:

A: O presidente do Brasil é um civil que é eleito a cada 4 anos: V

~A: O presidente do Brasil não é um civil que é eleito a cada 4 anos: F

~A: Não é verdade que o presidente é um civil que é eleito a cada 4 anos: F

Uma falsidade negada é uma verdade: ~F = V

Exemplo:

B: RLM é uma matéria muito difícil: F

~B: RLM não é uma matéria muito difícil: V

~B: É mentira que RLM é uma matéria muito difícil: V

Expressões que equivalem ao ‘Não’:

É mentira que: É mentira que pássaros voam.

É falso que: É falso dizer que cavalos correm

Não é verdade que: Não é verdade que o homem foi à Lua.

E não (conectivo ‘E’ mais a negação): Não sou alto nem (e não) sou alto.

Dupla negação e N negações:

A negação de uma negação mantém o valor lógico: ~(~V) =~(F) = V | ~(~F) = ~(V) = F

Um número par de negações mantém o valor lógico: ~~~~~~V = V [6 x ~]

Um número impar de negações é uma negação: ~~~~~F = ~F = V [5 x ~]

Negar pelo antônimo:

É possível negar uma proposição pelo antônimo?

Não é possível que uma proposição seja negada pelo antônimo [palavra no sentido contrário]. No entanto, em pouquíssimas ocasiões, bancas aceitaram negações pelo antônimo.

Exemplo ERRADO:

C: O lutador é forte: V

~C: O lutador é fraco: F

Continuar para: Quantificadores Lógicos